Educação

Prefeitura de Balsas lança edital para seletivo de Diretor Geral e Diretor Adjunto Publicada em 22/11/2017 13:36:27


A prefeitura de Balsas lançou nesta quarta-feira (21) o edital para realização do processo seletivo que escolherá profissionais da área da educação para os cargos de Diretor e Diretor adjunto das escolas da rede municipal que tenham mais de 100 alunos matriculados. O processo terá quatro etapas e terá início no dia 5 de dezembro de 2017, com a posse dos profissionais escolhidos prevista para março de 2018 durante as comemorações ao centenário de Balsas.

O processo seletivo é uma exigência da Constituição Federal, da Lei de Diretrizes e Bases (LDB), do Plano Nacional de Educação (PNE), regulamentados através de Lei Orgânica do Município. O processo seletivo alcança vinte escolas da zona urbana e seis da zona rural.

O secretário municipal de educação Márcio Rêgo ressaltou que este seletivo é um compromisso do prefeito Dr Erik com os educadores. “Esse foi um compromisso de campanha do Dr. Erik ao afirmar que iria reestruturar o processo de escolha dos gestores, através de um processo seletivo, democrático e transparente”, explicou.

O seletivo irá acontecer em 4 etapas, a primeira de avaliação dos currículos, a segunda de avaliação dos planos de trabalho e entrevista, a terceira é a eleição direta com a participação de alunos maiores de 13 anos, professores, funcionários e pais, e a quarta etapa é a posse dos gestores, com um contrato de gestão de 2 anos.

Todos os professores efetivos que estejam cumprindo o estágio probatório podem participar do seletivo, e os atuais diretores das escolas que querem continuar, deverão participar de todas as etapas do processo seletivo, e serão cobrados documentos referentes ao índice de desempenho no Ideb, índice de evasão escolar, certificado de prestação de contas, entre outros documentos que comprovam aptidão para o cargo.

Márcio Rêgo disse ainda que o seletivo é uma ação que valoriza os profissionais da educação, além de democratizar o ambiente da escola. “É uma ação que valoriza a educação, valoriza os profissionais da rede municipal que são efetivos, é uma ação que democratiza a escola e a transforma em um ambiente de ações da comunidade. Não é só fazer a democracia, é trazer o conceito para dentro da escola, para que os diretores possam agir com um planejamento, discutindo com a comunidade, discutindo com os pais, ou seja, estamos plantando a semente na construção dessa escola cada vez mais inclusiva, democrática, transparente”, afirmou.

Veja a lista de escolas em que haverá o processo seletivo: Zona Urbana, sendo elas: Agostinho Neves, Clóvis Vidigal, Deputado Francisco Coelho, Elias Alfredo Cury, Eliezilda Coelho Rocha, Eurico Bogéa, Francisco Coelho dos Santos, João Botelho Filho, Joaquim Coelho e Silva, Joca Rêgo, José Bernadino Pereira da Silva, Maria do Carmo S. Sousa, Mariinha Rocha, Moisés Coelho e Silva, Nossa Senhora Aparecida, Padre Angelo Lassalandra, Padre Cícero, Senador Alexandre Costa, Vereador Saraiva e Virgínia Cury. Zona Rural: Padre Fábio Bertagnolli (Batavo), Cirilo Joaquim dos Santos (Aldeia), Nossa Senhora Aparecida (Angelim), Menino Jesus (Jenipapo), Raimundo Lopes dos Santos (Belos Ares) e São Benedito (Porto Isidoro). 

Mais em Educação


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!